Nossos parceiros

domingo, 18 de março de 2018

Já se imaginou vivendo com pouco e ainda assim levar uma vida feliz?


Hey, tudo bom?

   No post de hoje vamos conversar um pouquinho sobre simplicidade, e sobre como é possível viver com pouco e ser feliz. No ano passado eu fui viajar com meu pai para conhecer Jequitinhonha, o lugar onde ele nasceu e passou boa parte da vida, e aproveitar também para conhecer alguns parentes. Foi uma viagem longa, se não me engando foram quase oito horas na estrada, até começarmos a avistar parte do lugar. Cara, eu fiquei olhando cada cantinho da estrada, e só conseguia ver terra seca, e muitos cactos. Sério! Muitos!

   Ao longo da estrada meu pai ia me mostrando os lugares onde morou, estudou e brincou, não tinha quase nada lá, com o passar dos anos tudo foi se acabando. Ele me contava as histórias e dava pra ver a saudade nos seus olhos. Eu vi fazendas enormes que um dia tiveram muito gado e Barões muito ricos, mas que agora estão abandonadas, com tudo seco e caindo aos pedaços. A maioria das pessoas lá tem terras bem grandes, mas como disse, estão secas. Em alguns lugares conseguíamos ver cavalos e vacas. Bem magros. Fomos para casa da Tia Elza, que eu já havia conhecido ha um tempo atrás infelizmente em circunstâncias nada agradáveis. A casa dela fica bem escondida em uma estrada de terra um pouco longa. Como a maioria das pessoas naquela área, as terras são grandes, porém, secas. Mas quer saber, é um lugar fantástico.

   A minha intenção com esse post não é dar detalhes sobre a minha viagem, mas sim mostrar como é possível ser feliz mesmo com recursos limitados. Passei seis dias na casa da Tia Elza, sem televisão, sem sinal de celular, consequentemente sem acesso a internet. SEIS DIAS. E eu não sofri em nenhum deles, muito pelo contrário, foram dias incríveis. Eu pude ler bastante, conhecer mais a história do meu pai e dos meus familiares, eu dei muitas risadas, comi muito é claro, descansei o máximo que eu pude, que era algo que eu estava mesmo precisando. Eu confesso a vocês que não senti falta de nada, nem mesmo de casa. Eu estava tão tranquila no meio de toda aquela simplicidade que simplesmente me encontrei. Meus tios não passam falta de nada, mas também não têm luxo com as coisas, são pessoas simples e cheias de humildade e amor no coração. 

  Nesses seis dias eu pude refletir sobre tudo que havia acontecido na minha vida até ali, as perdas, os ganhos, as decepções, os momentos em que eu pensei em desistir de tudo. Refleti muito. E então alguma coisa mudou dentro de mim, eu comecei a olhar mais para as pequenas coisas e não ser tão fútil. Porque sim, eu tenho momentos de futilidade. Eu aprendi a olhar pra vida de um jeito diferente, e finalmente entendi que a vida não para só porque alguém partiu meu coração. Sério, ela não para mesmo. Uma parte de mim renasceu ali, e foi tão bom. 

  Eu queria muito que vocês pudessem ter visto tudo o que eu vi, e assim poder repensar sobre as atitudes que temos tomado nos últimos tempos. Ter passado um tempo com pessoas tão simples, me fez amadurecer muito, e sou muito grata por isso. Ainda tenho meu lado fútil, consumista e tal, mas ando pensando muito sobre começar a viver sem tudo isso, e aderir ao minimalismo. Quem sabe, um dia e um passo de cada vez. Não custa nada tentar, não é mesmo? 


Então é isso pessoal, vamos refletir um pouquinho.
Beijo Beijo e até o próximo post.


sexta-feira, 9 de março de 2018

Playlist: This is Rouge



Hey pessoal, tudo bom?

   Gentcheee eu tô muito feliz porque eu amo o Rouge, e agora que eles finalmente decidiram voltar acho que meu coração não vai aguentar. MORRI! Sei que estou um pouquinha atrasada com esse post, porque já faz um tempo desde o retorno delas, me perdoem mas só consegui tirar ele dos rascunho agora. Não pretendo me estender muito, a intenção é trazer pra vocês a playlist pra um momento nostálgico, então aproveitem pra cantar e dançar muito! Boraaaaaaaa!

 



sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Oi, de novo!


   Hey pessoal, tudo bom? Já faz bastante tempo que não aparecemos por aqui, mas tivemos que tirar umas férias para colocar a vida em ordem, se bem que não podemos dizer que foram exatamente férias, já que estivemos trabalhando em um projeto incrível que será falado por aqui em breve. Aguardem e fiquem atentos aos próximos conteúdos do blog e do canal. Ah, e por falar em canal, estamos planejando vários conteúdos legais pra vocês, com assuntos divertidos e também alguns bem sérios, é claro. 

   Estamos trabalhando muito nesse novo projeto e quase não nos têm sobrado tempo, porém uma das metas para esse ano é estarmos mais comprometidas com o blog, já que não aparecemos muito por aqui no ano passado. Pretendemos trazer o máximo de conteúdo possível por aqui e também queremos falar sobre diversos assuntos. Estamos trabalhando para fazer o melhor pra vocês! :) Bom, não vamos nos estender nesse post, só viemos dar um "Oi" e contar que voltamos, e que muito em breve teremos bastante conteúdo. Continuem nos acompanhando! 
                                   


     Muitos abraços quentinhos e até o próximo post!


sábado, 30 de dezembro de 2017

Um ano perturbador, porém, repleto de ensinamentos.


Hey pessoal, tudo bom?

Já faz um tempinho que não apareço por aqui, aliás nem consegui seguir com o Blogmas né, mas não poderia deixar de vir fazer o último post do ano, não é mesmo? Tenho algumas coisas pra contar, coisas legais, coisas bobas que não fazem o menor sentido pra outras pessoas, mas que pra mim são muito importantes e algumas coisinhas bem chatas também. Esse ano foi bem turbulento, eu confesso, e causou muitos danos. Um ano onde apanhei muito da vida, e pensei que não ia conseguir ficar de pé outra vez, mas aqui estou. Acho que a palavra desse ano pra mim foi: Decepção. Sério, isso foi o que mais tive nesse ano, não só eu mas as meninas também, nós tivemos muitas decepções, mas tiramos uma ótima lição disso e amadurecemos bastante, e aprendemos o verdadeiro significado de amizade e confiança. Eu sempre fui bem clara com vocês e compartilho muito da minha vida, por isso não seria diferente nesse post. Vou separar em duas categorias pra não ficar muito embolado. Sem mais delongas, vamos lá!



VIDA PESSOAL
   Muita coisa aconteceu nesses últimos meses, vocês nem imaginam a loucura que foi, aliás, não me lembro se contei mas precisei trancar a faculdade, mas calma lá que já resolvi isso e reabri a matrícula outra vez, mas sobre esse assunto ainda estou pensando se faço um post ou um vídeo explicando algumas mudanças. Ainda não me decidi... Enfim, em relação aos estudos, foquei muito até a metade do ano, mas depois deu ruim, e eu me embananei toda, ainda tô me recuperando desse atropelo, mas já comecei a estudar sobre outros assuntos e tô no pique agora. Já falei que amo estudar!? 

   Bom, foi também um ano de romances que falharam drasticamente, mas que tiveram seu lado bom também. A gente sabe bem que nem tudo foi feito pra durar, mas temos que aproveitar ao máximo e sermos gratos por cada segundo que passamos com alguém que amamos, e eu amei demais esse ano, eu me entreguei a esses romances, principalmente pra um em específico, e fui feliz, fui magoada, magoei também, fui feliz de novo, e por fim eu aprendi muita coisa, e de tudo que eu aprendi, me amar em primeiro lugar foi uma das lições mais bonitas e valiosas que posso e vou guardar pro resto da vida. 

   Há alguns meses atrás eu decidi me livrar de amizades tóxicas, e de pessoas que não faziam o menor caso de estar na minha vida. Fiz uma lista com todos os amigos que eu tinha (ou achava que tinha), e com todos que me restaram, e os que ficaram foram que me ajudaram muito nas últimas semanas, porque eu tive problemas bem sérios na minha vida pessoal, e foi aí que eu descobri quem realmente me ama e zela pela minha saúde física e mental. Depois de eliminar essas amizades tóxicas, eu decidi marcar essa nova fase com uma tatuagem: Decidi que tatuaria "O Pequeno Príncipe" porque ele representa muito a amizade, e não teria outra tattoo que representasse melhor essa nova fase do que essa.

   Esse ano eu senti tudo ao extremo, amor, ódio, alegria, tristeza, ansiedade, angústia, tudo isso me consumiu, e houveram alguns momentos em que a minha vontade de desistir gritava tão alto que eu quase me deixei levar, mas procurei ajuda, e várias mãos se estenderam pra mim. Foi incrível. E no meio de toda a minha confusão eu me aproximei de Deus, de uma forma que nunca havia feito antes, e foi uma das escolhas mais lindas da minha vida. ELE me salvou, junto com meus amigos, e agora eu tô bem, como não havia estado há muito muito muito tempo. Gratidão por isso!


   Ao longo dessa minha mudança, comecei a superar alguns medos, e a perdoar erros que eu não pretendia perdoar nunca, e isso me libertou. Sei que vocês vão dar risada, mas eu superei meu medo de galinha, e já fico de boas quando vejo uma. Perdi a vergonha de falar sobre meu corpo, e de mostrar ele um pouco mais, porque a partir do momento em que me aceitei bem assim desse jeitinho, tudo ficou melhor e mais claro. Olha, confesso que ainda é difícil, mas digamos que superei 60% meu medo de palhaços, e se eu conseguir chegar pelo menos a 90% já vai tá ótimo. Eu consegui dizer "Não" mais vezes, que era algo que eu quase nunca conseguia e não tenho mais problemas com rejeição. Já foi um belo avanço. Perdi o medo de fazer exames, e finalmente tô cuidando da minha saúde do jeito certo, apesar de ter passado a maior parte do ano tomando medicações. Mas tá tudo bem! Já estou ansiosa pras aventuras de 2018, e toda as outras mudanças que me aguardam. 




   PROFISSIONAL 
   Tivemos muitas decepções relacionadas ao nosso trabalho, mas foi bom para aprendermos a valorizar o que fazemos. Participamos e realizamos muitos projetos legais, como o Sábado Cultural realizado pela Ju (que no começo desse ano fez dois ensaios muito lindos com a gente e que renderam muitas curtidas e publicações legais), as ações de lazer, a segunda edição do Encontro de leitores, que foi lindo, e mesmo debaixo de chuva nosso público que é maravilhoso, não desistiu. Fizemos um piquenique literário que rendeu muitas risadas e amigos novos, que vamos levar pro resto da vida com certeza. Foram momentos únicos e incríveis, e nesse novo ano esperamos que se multipliquem e que cada vez mais pessoas se juntem a nós e compartilhem desse sonho. Não fizemos tantas palestras como no ano passado, mas as que fizemos nos marcaram muito, sem contar que participamos de projetos muito bacanas e que nos tornaram profissionais e pessoas melhores. Foi o ano em que decidimos voltar pro youtube, mas demos uma desanimada no meio do caminho, porém, depois de receber mensagens motivadoras e cheias de carinho, decidimos que em 2018 vamos aparecer mais por lá, fazendo nossas gracinhas e passando vergonha como sempre, porque não dá pra parar. Nascemos assim! (risos) 


Ensaio fotográfico feito pela Ju ♥

Projeto Telessala da escola José Ricardo ♥

Nosso primeiro Sábado Cultural ♥

2° Encontro de leitores ♥


   2017 nos arrancou muitas lágrimas, até mais do que deveria, mas também nos deu coisas e pessoas incríveis, e muitas risadas e fotos e momentos que nunca vamos esquecer. Eu sou grata, e as meninas também são, por tudo isso e por todos que acompanham nosso trabalho. Talvez o ano não esteja acabando como planejamos, mas não vamos ficar reclamando, afinal, um novo ano já está batendo na nossa porta e ele nem começou e já temos muitos planos que com nossa fé e nosso amor vão ser os melhores. 

   Obrigada a todos que nos acompanharam esse ano, foram todos muito importantes pra nós, e já já nos vemos com novos conteúdos aqui, no canal e projetos que vão nos deixar mais pertinho de vocês. SEM SPOILER POR ENQUANTO HAHA 



QUE TODOS TENHAM UM PRÓSPERO E FANTABULOSO ANO NOVO!
E COMO SEMPRE: UM QUEIJO, UMA GOIABADA E MUITOS ABRAÇOS QUENTINHOS!
AMAMOS VOCÊS! GRATIDÃO POR TUDO!
ATÉ BREVE!