Nossos parceiros

quinta-feira, 6 de março de 2014

O trote

Eu namorava com um garoto da minha antiga escola (quando eu estava no ensino médio) e eu fiz uma brincadeira de mau gosto (mas engraçada) com o coitado. No dia ele não deu o troco e disse que ia deixar pra lá. Eu, retardada acreditei.
  Um belo dia eu estava no cursinho que fazia durante a tarde e meu celular tocou, era confidencial, eu nunca me importei de atender ligações desse tipo, então pedi  para sair da sala e atendi. Erro gravíssimo. Uma garota que dizia se chamar Priscila, começou a me ameaçar dizendo que era a namorada do MEU namorado, e que ia acabar comigo. Lóoogico que eu fiquei super nervosa e comecei a discutir com a tal Priscila, e depois desliguei o celular na cara dela. Vaca! Ai que ódio. Eu fiquei uns cinco segundos tentando entender tudo aquilo, e comecei a chorar igual a uma criança quando leva seu primeiro tombo de bicicleta (e cair da bicicleta dói pra car****) , até que meu celular tocou outra vez, eu fiz um enorme esforço para não olhar, pois, eu não queria ter que ouvir aquela menina outra vez, mas por sorte er aminha amiga. Ela estava rindo feito louca e me pedindo desculpas por ter feito tal brincadeira, (juro que tive vontade de mata-la naquele instante),  eu comecei a xingar ela e depois de um tempo começamos a rir juntas daquela situação, e ficou tudo bem.

Eu quase  tive um treco e na hora não foi nada engraçado, garota nenhuma gosta de receber uma ligação de uma suposta namorado do até então “amor da sua vida” né?!? Mas o tempo passou, eu não estou mais com ele, e agora dou muitas risadas quando lembro do ocorrido, e fico pensando: “Grande amiga essa heim...” kkkk

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,
Gostariamos muito de saber a opinião de vocês sobre o blog, os posts e até sobre nós se vocês quiserem. Mas também gostariamos de pedir que moderassem nas palavras, para que não haja más interpretações.

A opinião de vocês é muito importante para nós.

Beijoo Beijoo ...