Nossos parceiros

domingo, 15 de junho de 2014

Sobre como eu te odeio

Que ódio por não ter conseguido falar tudo que eu estava sentindo por você naquele instante, eu sou muito idiota mesmo, mas quer saber, eu estou com raiva sim e apesar de toda explicação que me deu, eu continuo sentindo isso do mesmo jeito e não vai passar tão cedo, pode ter certeza. Queria ter dito tudo, que eu gosto de você e que essa sua “namoradinha” é uma bobona que não deveria nem ter nascido. Sei que estou sendo egoísta por pensar assim mas, não é justo ela ficar com você. Nem sei mais o que dizer, estou bêbada e sem condições de pensar em algo que seja útil e muito menos agradável.

Ainda te odeio e isso é fato, você foi um burro se não percebeu que quando eu digo que entendi, é porque não entendi nada. E não entendi mesmo. Injustiça total. Não quero entender nada, não quero ser sua amiga, não quero lembrar que você existe e não quero sentir isso NUNCA MAIS!
Odeio você, odeio ela, odeio esse sentimento, odeio a relação de vocês, odeio ter ficado com você, eu me odeio acima de tudo. Isso tá errado, não tem lógica eu gostar tanto assim de você seu imbecil, idiota, palhaço, manezão. Aaaaah! Eu odeio você mil vezes, seu beijo, seu carinho, seu cheiro, o fato de você me deixar toda desconcertada, sua voz, seu abraço, o jeito que fala comigo, a vontade de estar com você o tempo todo, tudo, ODEIO TUDO EM VOCÊ, cada detalhe, e vou odiar pelo resto da minha vida. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,
Gostariamos muito de saber a opinião de vocês sobre o blog, os posts e até sobre nós se vocês quiserem. Mas também gostariamos de pedir que moderassem nas palavras, para que não haja más interpretações.

A opinião de vocês é muito importante para nós.

Beijoo Beijoo ...