Nossos parceiros

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Resenha: Proibido - Tabitha Suzuma


Livro: Proibido
Autora: Tabitha Suzuma
Editora: Valentina
Ano: 2014
Páginas: 304
Gênero: Literatura estrangeira, Romance.

Quero advertir primeiramente que esse livro tem alto poder destruitivo, é angustiante e sem duvida esta na minha lista dos melhores.

Como algo tão errado, pode parecer tão certo? 
O livro conta a historia de amor de dois adolescentes Lochan  e Mayan. Dois irmãos. Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes. Eles são irmão e irmã.


Você já pensou se você se apaixonasse pelo seu irmão? 
Se você acha isso um "absurdo, impossível irmãos se apaixonarem, não acho certo", eu te desafio a ler esse livro e continuar com o mesmo pensamento. Eu te desafio a não chorar.

  Eles possuem três irmãos mais novos: Kit, de 13, Tiffin, de 8 e Willa, de 5 anos. Apesar de terem uma família totalmente desestruturada tentam manter e dar os seus irmãos o que os pais não ofereceram. A quatro anos atras o pai deles abandonou a família trocando a esposa por uma mulher mais jovem, desde então a mãe deles surtou, tem uma vida de vício e reveza a noite entre extras, namorado e bebidas, e sem falar que culpa o Lochan por tudo que aconteceu na sua vida. A família mora em um bairro pobre, ganha ajuda do governo a mãe trabalha e faz ate alguns extras, mas em vez de gastar isso com os filhos, ela faz questão de gastar com presentes e coisas pra se mesma, é uma mulher detestável em todos os sentidos.
  Desde então quem cuida da casa e dos irmão é lochan e Mayan, eles dividem tarefas, ajudam um ao outro e além se serem cúmplices para esconder o vicio da mãe com medo de serem entreguem em abrigos e serem separados dos seus irmãos. Lochan apesar de ser um menino adorável e comunicativo em casa, na escola e no convívio social é o contrario, tem problemas, ataques de pânico e não consegue se comunicar, Mayan por sua vez é o porto seguro de Lochan, ajuda a melhor em todos os sentidos o engraçado é que você não os consegue ver como irmãos e ate eu acredito que eles também não, não tem uma marcada que eles se apaixonam, é transmitido para gente que isso aconteceu desde pequenos, devagar e puramente e um amor tão bonito que mesmo o bom senso fica de lado nesse caso, o livro é bem escrito eu consigo sentir as emoções de cada cena, e você acaba torcendo tanto por eles e pela historia que o final se torna revoltante e indescritível e eu chorei rios, e mares.


Gente, só tenho a elogiar a Thabitha por me proporcionar uma leitura tão rica, em todos os aspectos, ate então nunca tinha lido nada sobre "Incesto" eu nem sabia que existia uma palavra para dar nome a casos como esses, mas enfim, como eu penso, todo escritor deve ser um pouco de "advogado" porque é fundamental convencer o leitor, e fazer ele também acreditar naquilo que esta sendo passado, e esse livro não só me convenceu mas me surpreendeu drasticamente. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,
Gostariamos muito de saber a opinião de vocês sobre o blog, os posts e até sobre nós se vocês quiserem. Mas também gostariamos de pedir que moderassem nas palavras, para que não haja más interpretações.

A opinião de vocês é muito importante para nós.

Beijoo Beijoo ...