Nossos parceiros

domingo, 3 de abril de 2016

A gente sabe quando deixa de sentir

Eu não sei mais o que sinto por você, nada é como antes sabe, não sinto mais toda aquela ansiedade, e lembro ter ouvido essas mesmas palavras vindas de você. Não, eu não estou virando o jogo, nem nada parecido, é só que eu já não penso mais em nós como antes, não sinto meu coração acelerar da mesma forma, ele até bate mais forte quando você chega, mas nada tão extraordinário quanto antes. Eu cheguei a pensar que todo aquele sentimento, toda a expectativa nunca fossem diminuir, que eu nunca fosse desacelerar, mas de repente eu já não sou mais aquela garota que morria de amores por você, antes eu não tinha dúvidas, eu não precisava pensar, simplesmente dizia, e fazia, mas agora eu penso duas, três, até dez vezes antes de fazer, falar ou até mesmo fantasiar algo sobre nós. 

Eu costumava falar de você para as minhas amigas todos os dias, o tempo todo, eu contava sobre as gargalhadas que você me arrancava, sobre o quanto eu não parava de pensar e de amar você, mas agora nossas conversas não tem muito de você, falamos sobre tudo, mas eu não consigo mais falar tanto assim sobre você. Algo mudou aqui dentro. Eu jurei pra mim que nada nunca ia mudar, nada que fosse relacionado a você, mas eu sempre me esqueço que não importa qual seja o juramento, de alguma maneira as coisas sempre mudam, e as pessoas também. Acho que foi essa coisa de sempre tentar, tentar, tentar, e nada nunca funcionar, então de repente eu cansei, porém, ainda não havia percebido. 

Eu ouso fazer minhas as palavras que li em um livro, que diz "Eu amo você, amo muito. Mas eu não gosto mais de você.", creio que isso explica muita coisa. Eu nunca vou deixar de amar você, nós dois sabemos disso, mas eu não consigo mais te enxergar como antes, de alguma maneira eu sabia que você me era parte de mim, que me completava não importava como, mas agora eu já não sei mais. 

Dizem que a gente sempre sabe quando deixa de sentir, e tenho quase certeza de que sim, eu deixei de sentir muitas coisas, e uma deles foi a vontade de lutar por nós. Sempre vou estar com você, sempre vou te acompanhar de um jeito ou de outro, e eu sinto muito em dizer que não sou mais tão sua quanto era antes, e se nada mudar outra vez, ou até mesmo se mudar, eu nunca mais voltarei a ser.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,
Gostariamos muito de saber a opinião de vocês sobre o blog, os posts e até sobre nós se vocês quiserem. Mas também gostariamos de pedir que moderassem nas palavras, para que não haja más interpretações.

A opinião de vocês é muito importante para nós.

Beijoo Beijoo ...