Nossos parceiros

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Cara, eu não sou sua alma gêmea


  Olha cara, já vou logo dizendo que eu não sou mesmo sua idealização de mulher, e confesso que demorei um pouco, mas finalmente enfiei nessa minha cabeça a realidade. Eu tentei, tentei, tentei pra burro te convencer que eu poderia ser perfeita pra você, mas agora eu cansei, graças aos céus eu cansei, porque saiba que convencer as pessoas é fácil pra mim, mas você...merda, é uma tarefa e tanto! Tô disposta não. 

  Eu andei pensando muito sobre mim, e eu me dei conta de tantas coisas. Eu sou engraçada, meio maluca (tá bom eu sou muito maluca), tenho um gosto bem peculiar para seriados, e falando neles eu sou muito boa em desvendar mistérios naquelas séries policiais, muito mesmo, sou uma verdadeira impressora (entendeu a piada né? Aquela parada do Xerox e tals...ah, esquece.), eu sou muito boa em escrever histórias, sou inteligente, formada em várias coisas, sei de coisas que as pessoas nem imaginam que eu aprendi, amo novelas mexicanas com aqueles dramas adolescentes, mas também amo filmes de robôs e carros maneiros, sou muito boa em fazer bolos, mas finjo que não pra não ter que fazer porque morro de preguiça de cozinhar qualquer coisa. Eu sei muitas coisas sobre mitologia, os solstícios e lendas que nunca contei pra ninguém, mas espero um dia poder ter uma longa conversa sobre esses assuntos. Tenho essa mania de falar rápido feito um trem desgovernado, que ás vezes irrita as pessoas. Eu danço feito uma louca dentro de casa como se não soubesse nada, mas sou uma ótima dançarina desde pequena, e além disso sei todos os passos da Beyoncé, na verdade a maioria deles. Tenho ótimas playlists no spotify, mas prefiro passar o dia inteiro ouvindo "(I've Had) The Time of My Life" (que aliás, é minha música favorita no mundo, e eu sei que você não sabe disso, e sabe menos ainda que eu tenho o sonho de dançar ela em um palco pra uma platéia gigante). 

   Na verdade, você não sabe praticamente nada sobre mim, só sabe mesmo o que eu mostro, que não é nem a metade do que eu sou. Eu não sou um espetáculo de mulher porque sou magra, alta, peituda e refinada, porque eu não sou nada disso. Eu sou um espetáculo de mulher porque sou completamente louca, desastrada, impulsiva, o meio termo entre doce e amargo, porque falo trezentas palavras em menos de dois minutos de conversa. Você entende? Sou um espetáculo de mulher porque eu sou real, e aceito isso numa boa. Eu não preciso ter nada no lugar, porque se eu estiver no lugar eu me desfaço em mil pedaços. Eu sou um desastre em cada pedacinho do meu corpo, em cada fio de cabelo e isso é incrível, eu sou incrível e sinceramente eu não ligo se você não acha isso. Talvez, mas só talvez você não fosse mesmo conseguir conviver com meus defeitos nunca, pelo simples fato de que eu não posso completar ninguém, não sou a metade ninguém. Eu não sei se posso amar uma pessoa só a minha vida inteira, e agora eu começo a entender tudo que eu senti ao longo desses anos. Eu não me apaixono pelas pessoas, e sim pelo que eu consigo enxergar nelas. E essa foi uma das descobertas mais insanas que eu já fiz, cara! Mas se por um acaso eu conseguir essa proeza, tá tudo bem também. 

   Eu finalmente percebi o quão boa eu sou, e não preciso mais sofrer por achar que não sou inteligente o suficiente, ou bonita o bastante pra conquistar alguém. Eu só preciso parar de fazer isso. Eu não sou sua alma gêmea, nem sua nem de ninguém. Eu sou só eu mesma, e você não precisa me amar, não precisa ficar comigo e nem tentar sentir alguma coisa. A gente não precisa mais se desentender por isso, tá tudo certo agora. E tá tudo tão bem. Tem coisas sobre mim que realmente ninguém precisa saber, ninguém mesmo. A única coisa que você e as outras pessoas precisam saber é que eu sou feliz assim, e que se não fosse tudo tão confuso ao meu respeito, então não seria eu. Tudo tá tão ruim no mundo, e é por isso que eu gosto de ser quem eu sou, eu sou diferente da maioria das garotas, e isso é muito legal, agora finalmente eu entendi isso. 






Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,
Gostariamos muito de saber a opinião de vocês sobre o blog, os posts e até sobre nós se vocês quiserem. Mas também gostariamos de pedir que moderassem nas palavras, para que não haja más interpretações.

A opinião de vocês é muito importante para nós.

Beijoo Beijoo ...